Carlex Design cria modificação para o Land Rover Defender

Carlex Design cria modificação para o Land Rover Defender

O Land Rover Defender  ainda tem pouco tempo de mercado, mas as empresas de modificações não deixam escapar nada. Desta vez, a Carlex Design, preparadora polaca, tornou o mítico jipe num carro ainda mais exclusivo. Para tal, começaram com um Defender 110 e criaram a “Yachting Edition” que é, segundo a empresa, a “combinação perfeita entre performance fora-de-estrada, fiabilidade, e estilo marinho de luxo”.

Se por fora recebe um revestimento em prateado escovado, é no interior que acontecem as principais alterações, aliás, há duas escolhas diferentes. A primeira recorre a pele branca com detalhes em madeira, algo já visto numa outra criação da empresa com o Classe G. Enquanto a segunda é ligeiramente mais extravagante com pele dourada e detalhes em prateado escovado. Por fim, ainda não há preços para as modificações da Carlex Design, mas certamente não será barato.

Depois dos atrasos devido ao coronavírus, o Land Rover Defender 90 teve a produção e entregas ao cliente adiadas, porém, estão disponíveis desde setembro de 2020 (já disponíveis no configurador da marca). Em conjunto a marca britânica revelou que o SUV ganha agora variantes híbridas plug-in e um novo motor Diesel seis cilindros.

Começando pela variante eletrificada, a denominada P400e, o Land Rover Defender está equipado com o motor quatro cilindros 2.0 litros, associado a um propulsor elétrico, que garantem uma potência combinada de 404 cavalos de potência. Com este valor é possível acelerar dos 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos. Tratando-se de um híbrido plug-in, há a possibilidade de percorrer até 43 quilómetros em modo 100% elétrico. “O novo P400e híbrido plug-in garante um balaço perfeito entre performance, com economia de combustível e capacidades todo-o-terreno”, afirma Ian Gray, engenheiro avançado das motorizações.

Por outro lado, a Land Rover não quer deixar cair as opções a gasóleo. Para tal, anunciaram a nova variante D300 que garante um motor seis cilindros em linha 3.0 litros com 300 cavalos e 650 Nm de binário. Disponível nas duas carroçarias, é na 90 que consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em 6,7 segundos. Este bloco está equipado com um assistente mild hybrid. Por fim, ainda não há data de lançamento destas variantes em Portugal, mas já se encontra disponível no Reino Unido.

DEIXE UM COMENTÁRIO