Passeio das Lezírias 2015

Passeio das Lezírias 2015

Com a chegada da primavera voltámos ao campo com os nossos Land Rover para disfrutar de um dia em família, entre amigos e aficionados da marca.

Depois da sessão de “portas abertas” na Carclasse Lisboa, onde estavam em exposição os novos modelos da marca que faziam suspirar miúdos e graúdos, era tempo do briefing e partir à descoberta dos trilhos e paisagens das terras de além-tejo.

Da Quinta de Pancas perto de Alcochete, podia-se avistar Lisboa de uma perspetiva antes desconhecida para alguns dos participantes. Seguindo para Norte, a travessia da mítica Companhia das Lezirias, a maior propriedade agroflorestal do nosso país e uma referência na região desde 1836, foi uma ocasião para conhecer esta magnífica zona, rica em biodiversidade e importância económica para toda a região.

A Lezíria Ribatejana é não apenas um santuário para os entusiastas do “birdwatching”, mas também para os amantes dos Land Rover, que permite conciliar a prática do todo-terreno turístico responsável com o prazer do contacto directo com a natureza. Ao longo dos trilhos do percurso deste passeio, foi possível apreciar belas paisagens ao mesmo tempo que se observavam várias espécies de aves que quase nos “guiavam” até à Falcoaria Real de Salvaterra de Magos.

Neste local outrora utilizado pela família real Portuguesa para a prática da Falcoaria, os participantes no passeio puderem usufruir de uma apresentação sobre aves de rapina. Os menos conhecedores ficaram a saber que o falcão peregrino é capaz de atingir os 300 km/h e de acelerações muito superiores, por exemplo, às do vaivém espacial americano. No final, a demonstração de um exemplar desta espécie deixou a todos surpreendidos com um impressionante voo rasante sobre as cabeças dos participantes, antes de aterrar calmamente na mão do tratador.

O almoço aconteceu logo ali ao lado numa zona à beira-rio, ideal para as crianças se divertirem enquanto os mais graúdos conversavam sobre Land Rover’s (que mais poderia ser?), e acolhiam os novos participantes nos eventos do Clube, em típico espírito Land Rover.

A etapa da tarde decorreu por uma série de troços mais ou menos acessíveis, em que todos os Land Rovers incluindo o novo Discovery Sport inscrito pela Carclasse Lisboa se sentiram perfeitamente à vontade na superação dos obstáculos do percurso.

O dia já ia longo e cheio mas antes do final da etapa, ainda havia que parar na histórica Quinta da Alorna, para uma visita guiada à adega, uma prova de alguns dos excelentes vinhos ali produzidos, e para os mais apreciadores, uma passagem pela loja da quinta.

Como é costume no nosso país, um evento deste género não poderia terminar sem se provar a gastronomia local, e mais ainda na Lezíria, com a Sopa da Pedra e as Enguias a encabeçar a lista das especialidades mais apreciadas pelos muitos sócios que esgotaram o restaurante e as inscrições deste excelente passeio, bem às portas da Capital.

DEIXE UM COMENTÁRIO