Por Terras do Guadiana 2005

Por Terras do Guadiana 2005

Os Land Rovers foram chegando pela manhã à bonita aldeia de Juromenha, debaixo de um sol radioso e quente, para cumprir os cerca de 130 Km do Road Book que o CLRP tinha preparado.

O percurso fora delineado a pensar na ajuda de S. Pedro, de forma a que os participantes pudessem aproveitar as características do terreno barrento típico daquelas paragens, no entanto e devido ao período de seca extrema que se faz sentir no nosso pais, com especial incidência no Alentejo, a caravana teve no pó uma presença constante, bem como no abre e fecha das inevitáveis cancelas.

A falta de oferta de equipamentos hoteleiros e/ou de restauração naquelas paragens, que permitisse acomodar todo os sócios participantes, determinou que o percurso da manhã acabasse com a um animado piquenique no bonito e esquecido monte do Milreu, próximo do Guadiana.

 

O percurso da tarde conduziu a caravana na direcção de Monsaraz, com paragem no Convento da Orada, local escolhido para efectuar uma visita cultural. Os sócios aproveitaram para ver o resultado do restauro do convento, as exposições patentes no mesmo, bem como o cromeleque do xerez que lá foi colocado por motivo da inundação do vale do Guadiana.

Após a subida a Monsaraz, que se fez pelo antigo caminho Romano, e já em plena vila, o calor que se fazia sentir exigiu uma paragem na Estalagem de Monsaraz para beber uma refrescante limonada. O percurso continuou a serpentear ao longo do logo artificial criado pela barragem do Alqueva, culminando com a subida de um íngreme corta fogo que possibilitou aos participantes uma magnifica vista sobre Monsaraz e o lago do Alqueva.

O dia terminou na aldeia do Telheiro onde foi servido um típico repasto alentejano no restaurante “Sem Fim”. O convívio imperou e foi possível trocar inúmeras histórias de viagens e aventuras, de tal forma que dois sócios que tinham participado numa expedição a Marrocos em 1991 só se reconheceram quando trocavam experiências da dita viagem.

DEIXE UM COMENTÁRIO